JOÃO CARLOS ROCHA é bacharel em Regência pela UNICAMP sob a orientação do Fullbright Scholar, maestro EDUARDO OSTERGREN. Em 2014 foi o regente contemplado com a bolsa do DAAD para cursar o mestrado na Alemanha. Estudou com os maestros Daisuske SOGA (Japão), Christopher ZIMMERMAN (Inglaterra/EUA), Octavio MÁS AROCAS (Espanha), Mauro LAMBERTO (Itália), Nicolas PASQUET (Uruguai/Alemanha), Neil THOMSON (Inglaterra) ISAAC KARABTCHEVSKY (Brasil), Roberto TIBIRIÇÁ (Brasil), Roberto FARIAS (Brasil) dentre outros. Foi o  VENCEDOR DO CONCURSO "ELEAZAR DE CARVALHO" EDIÇÃO 2012 PARA JOVENS SOLISTAS E REGENTES. Em Dezembro do mesmo ano viajou à cidade de Belo Horizonte para participação como um dos 4 jovens maestros selecionados para atuar à frente de uma das grande orquestras brasileiras por ocasião do IV LABORATÓRIO DE REGÊNCIA DA FILARMÔNICA DE MINAS GERAIS ministrado pelo maestro Fabio MECHETTI (Brasil). Também no ano de 2012, além do curso regular na UNICAMP, JOÃO CARLOS ROCHA esteve sob a orientação do maestro ABEL ROCHA (Brasil), então diretor artístico do Theatro Municipal de São Paulo. Da mesma forma, durante o mês de Julho, Atuou como maestro assistente da BANDA SINFÔNICA DO III FESTIVAL INTERNACIONAL DE MÚSICA CARLOS GOMES sob a orientação do Maestro Roberto FARIAS (Brasil). Como compositor, tem estado, desde 2006, sob a orientação do compositor GILBERTO MENDES. Em março de 2014 foi convidado a reger a estreia mundial da obra sinfônica ”KIZOMBA” à frente da ORQUESTRA SINFÔNICA DA UNICAMP, assim como sua recentemente composta, “Nagare” para piano solo, foi gravada no CD “PORTO: A MÚSICA QUE SAIU DE SANTOS” pelo pianista ANTONIO EDUARDO. Sua composição "DELIRIAMENTOS...SOBRE UM TEMA DE GUINGA" recebeu MENÇÃO HONROSA no "PANORAMA DA MÚSICA BRASILEIRA", edição 2014  promovido pela URFJ. Em 2012 e 2013 foi selecionado como “aluno ativo” entre os jovens maestros que tiveram uma semana de Master Classes com o maestro Isaac KARABTCHEVSKY (Brasil) na cidade de Recife dentro da programação da MIMO. Da mesma forma, foi um dos jovens maestros selecionados para atuar à frente da OSUSP sob a orientação do maestro Nicolas PASQUET, oportunidade na qual pode dirigir nos Master Classes a 2ª Sinfonia de J. Brahms, assim como o Concerto para Violino de Tchaikovsky tendo como solista CLAUDIO MICHELETTI.  JOÃO CARLOS ROCHA esteve à frente da ORQUESTRA FILARMÔNICA DE GOIÁS sob a orientação do maestro britânico Neil THOMSON regendo obras de Mozart e Johannes Brahms.